6 atividades para aliviar e combater o estresse

Aliviar estresse

O estresse faz mal à saúde, pelo menos excesso de estresse, que não é controlado e te leva a viver na angústia. É ele que deve ser controlado, porque o próprio estresse é um mecanismo corporal que o deixa alerta para qualquer situação de risco. Ou seja, aquela sensação de estar acordado, atento a tudo, é produzida por uma reação hormonal.

Mas quando esse momento passa ou é uma situação que causa estresse e não desaparece, torna-se crônico e perigoso para a saúde. Para evitá-lo, é muito importante saber quando é favorável e, sobretudo, o que fazer para mantê-lo sob controle. Porque do contrário, você pode sofrer as consequências em diferentes níveis físicos e emocionais.

Como aliviar o estresse

Ioga para combater o estresse

Existem muitas situações cotidianas que podem causar o estresse, trabalho ou a ausência dele. Problemas econômicos, relacionamentos ou educação dos filhos são apenas alguns deles. Em definitivo, são as coisas do dia a dia que causam mais preocupação além de serem os que causam momentos de felicidade. Portanto, eles não podem ser evitados ou eliminados para que o estresse desapareça.

O que você pode fazer é aprender a controlar suas emoções para manter esse sentimento sob controle. O exercício é a forma principal e mais poderosa de combater o estresse, porque quando você se movimenta, são liberadas endorfinas que o ajudam a se sentir melhor e o distraem do que o preocupa. Qualquer tipo de exercício é realmente favorável para você, embora os mais aconselháveis ​​sejam aqueles que implicam no controle da respiração.

Atividades que ajudam a combater o estresse

cuidar das plantas de interior

Além de se exercitar, você pode fazer muitas atividades que o ajudam a aliviar o estresse. Estes são apenas alguns exemplos:

  • Baila: Qualquer forma de movimento é boa para o alívio do estresse, mas ao dançar, Além de se sentir melhor emocionalmente, você ativa muitas sensações que o ajudam a ficar mais calmo, mais relaxado e feliz quase que instantaneamente.
  • Aprenda a cuidar das plantas: Ter plantas em casa é uma forma perfeita de ter um pequeno pedaço de natureza em sua casa. Elementos vivos e naturais que requerem cuidado e com o qual você pode encontrar uma fonte de relaxamento e satisfação.
  • Escrever: Sentimentos e emoções se acumulam na cabeça formando uma miscelânea de pensamentos difíceis de classificar. Escrevê-los vai te ajudar tire-os da sua mente e classifique-os para que você possa avaliar se eles realmente merecem tanto peso ou não.
  • Mude suas rotinas: O dia a dia é rotineiro e isso às vezes nos impede de ver além do que nos preocupa no momento. Quer dizer, a fonte de estresse pode ser um simples hábito negativo. Pense em como passa o seu dia e busque alternativas para tornar suas rotinas mais positivas.

A arte é uma das melhores terapias

Pintar mandalas

Desenvolver a criatividade é uma das melhores maneiras de escapar e liberar pensamentos negativos que causam estresse. Sem ter que ser um grande artista, sem ter conhecimentos específicos, mesmo sem ter que procurar aulas particulares. Pintar em casa em uma folha simples é uma maneira de criar e liberte sua criatividade. Há alguns anos está na moda pintar mandalas e, mesmo que pareça infantil ou bobo, você ficará surpreso com o quanto a arte pode fazer por você.

Cuide de sua dieta porque os alimentos também podem se tornar uma causa de estresse. Faça exercícios para se sentir melhor por dentro e por fora. Encontre momentos para você, para se cuidar e faça as coisas que te fazem sentir bem. Porque o autocuidado é essencial em qualquer caso e em muitas ocasiões, ele é negligenciado em benefício dos filhos ou do parceiro.

Estar bem é essencial para poder cuidar dos outros. Aproveite seu tempo, procure momentos que você possa dedicar a si mesmo, leia livros que te dão alguma coisa, dê um passeio no parque para apreciar as belezas da natureza e lembrar de todas as coisas boas da sua vida. Essas são as chaves para aliviar e combater o estresse do dia a dia.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.