5 romances que chegarão em outubro próximo à sua livraria

Romances a serem publicados em 22 de outubro: Minha Ucrânia
La locatário literário Este mês nos forneceu uma longa lista de novos títulos para engordar nossas prateleiras. Não lemos todos os que queríamos ler e provavelmente não vamos ler, mas as novidades não param e começamos a descobrir os de outubro próximo. À primeira vista são 5 títulos que entre os novelas chegando em outubro à sua livraria chamaram a nossa atenção. Descubra-os!

Minha Ucrânia

  • Vitória Belém
  • Tradução de Gabriel Dols Gallardo e Víctor Vázquez Monedero
  • Lúmen Editorial

Em 2014, Vika retorna à sua Ucrânia natal para investigar um mistério familiar: como seu tio-avô Nikodim morreu na década de 1930 e por que sua história permanece tabu quase um século depois. Desvendar velhas incógnitas é complicado, mas ele nunca teria previsto que a maior resistência seria encontrada em sua avó Valentina, que o proíbe de remexer o passado.

Não é à toa que a Ucrânia é uma "terra de sangue", como seus vizinhos Polônia, Bielorrússia, Rússia e os países bálticos: na área de Poltava, onde a família vivia, a KGB desapareceu há muito tempo, mas sua antiga sede ainda aterroriza as pessoas, os locais. Enquanto o país mergulha em um novo conflito com a Rússia após a anexação da Crimeia, o leitor acompanha Vika entre os temidos arquivos kgb em busca da verdade sobre o passado do país e sobre Nikodim, mesmo correndo o risco de confronto direto com sua família.

Black is Beltza: Ainhoa

  • Fermin Muguruza, Harkaitz Cano e Susanna Martin Segarra
  • Livros de reserva da editora

Preto é cinturão
Ainhoa ​​nasceu por milagre em La Paz, na Bolívia, após a morte de sua mãe, Amanda, em um suposto ataque de vigilantes. Cresceu em Cuba e em 1988, aos 21 anos, iniciou uma viagem de iniciação com o País Basco como o primeiro destino a descobrir a terra de Manex, seu pai.

Em meio ao conflito repressivo, ele conhece Josune, uma jornalista comprometida, e sua gangue de amigos. Quando o namorado de Josune morre de overdose de heroína, ela decide acompanhar Ainhoa ​​em sua viagem, que os levará a Beirute, depois a Cabul e finalmente a Marselha. São os últimos anos da guerra fria e ambos entrarão no mundo sombrio das redes de tráfico de drogas e seus laços estreitos com tramas políticas.

14 de abril

  • Paco Cerda
  • Livros editoriais do asteróide

14 de abril
Madri, 1931. Um encadernador desempregado sangra lentamente até a morte na madrugada de 14 de abril. Sua vida sai depois de ser ferido em uma manifestação pedindo o fim da monarquia. Assim começa esta história sobre a chegada do Segunda república para todos os cantos da Espanha. Um olhar humano que busca tanto os grandes protagonistas do momento quanto os participantes anônimos desse dia transcendental. Um único dia em que, como numa tragédia shakespeariana, todos os sentimentos se encaixam: a ilusão das massas, o medo da família real, a ansiedade dos prisioneiros, a ambição de poder, a fidelidade a certas ideias, a esperança coletiva e a dor das vítimas. As pequenas vidas esquecidas pela história.

Desgraçado

  • Dorothy Allison
  • Tradução de Regina López Muñoz
  • Editorial Errata Naturae

Novelas a serem publicadas em outubro de 22: Bastarda
O condado de Greenville, na Carolina do Sul, é um lugar selvagem e exuberante, lindo e terrível. Lá vive o Família Barqueiro, um clã de homens bêbados que atiram nos caminhões uns dos outros e mulheres indisciplinadas que se casam cedo demais e envelhecem rápido demais. Uma linhagem regida pelo desemprego, instabilidade, violência e gravidez na adolescência.

No centro deste romance autobiográfico sobre uma jovem que enfrenta abuso e traição está Ruth Anne Boatwright, apelidada de Bone, uma garota bastarda que observa e narra o mundo ao seu redor com um olhar implacável e lúcido, com um misto de naturalidade e coragem, e também com um humor irreverente e sem escrúpulos. Sua história comovente exala raiva, mas também generosidade e amor.

Um par de mãos: empregada doméstica e cozinheira na Inglaterra dos anos 30

  • Monica Dickens
  • Tradução de Catalina Martínez Muñoz
  • Editorial Alba

um par de mãos
Monica Dickens, bisneta de Charles Dickens, filha de um advogado, educada em escolas particulares de Londres e Paris, apresentada na corte, não havia sido criada para trabalhar. No entanto, ele acreditava que "a vida é mais do que ir a festas onde não me divirto com pessoas de quem nem gosto"; e, após uma tentativa frustrada de ser atriz, resolveu aproveitar alguns cursos de culinária que havia feito e procurar emprego como empregada e cozinhar.

Sua origem social, que ela teve que esconder para não despertar a incredulidade de quem a contratou, a obrigou a desempenhar um papel de qualquer maneira e daria origem a uma infinidade de mal-entendidos. Ele logo se viu lidando com sua inexperiência nas cozinhas, escadarias e salas de jantar das pessoas "de cima". À sua batalha com penugem, pratos partidos, bolachas queimadas e soufflés que se esvaziam porque os convidados chegam tarde, teria de acrescentar o carácter peculiar das suas “senhoras” e “cavalheiros”.

Um par de mãos (1939) é o relato espirituoso de suas tribulações como trabalhadora doméstica no Inglaterra dos anos 30, onde "um senso de decoro e uma consciência de classe quase medieval" convivem com abusos, travessuras, chantagens, tremenda exaustão e também momentos de autêntica folia.

Você vai reservar algum desses romances em sua livraria? Lembre-se que você pode fazê-lo via Todos os seus livros sem sair de casa! Haverá muitos outros romances a serem publicados em outubro, você tem mais algum em mente? Que romances você leu recentemente que você recomendaria?


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.