4 técnicas para aumentar a autoestima

Como aumentar a autoestima

Amor próprio deve ser sempre o primeiro amor de alguém. Amar a si mesmo é fundamental, é a chave para poder dar o melhor de si para si e para os outros. Em nenhum caso a autoestima deve ser assumida como algo negativo, pois não há nada de errado em se valorizar, saber valorizar todo o bem que há em você e amar a si mesmo para amar os outros.

Porém, ter autoestima não é algo inato, é uma qualidade que deve ser trabalhada ao longo da vida. Porque a qualquer momento pode ocorrer uma circunstância que abala os alicerces de uma relação individual sólida. O amor próprio também pode ser quebrado, danificado, Pode fazer você duvidar, desconfiar e fazer você pensar que não vale o suficiente.

Como aumentar a autoestima

Existem técnicas para aumentar amor próprio, ferramentas simples que você pode usar para melhorar seu sentimento em relação a si mesmo. Porque é um sentimento que condiciona a sua maneira de se relacionar com outras pessoas. Além disso, sua autoestima ou autoestima é fundamental para se projetar no trabalho, bem como para enfrentar as situações adversas que surgem na vida. 

Trabalhar consigo mesmo para aumentar a autoestima o ajudará a viver melhor, pois quanto mais tempo você dedica ao seu desenvolvimento pessoal e emocional, mais você valoriza as coisas que faz e sua autoestima se fortalece. Ou seja, torna-se um círculo que você trabalha dia a dia, e aos poucos você se ama mais e melhor. Porque autoestima não significa egocentrismo, mas amor em todo o amplo espectro da palavra. Essas técnicas o ajudarão a aumentar sua auto-estima.

Pratique a gratidão

Apreciação prática

Se você não aprecia as coisas que já possui, nunca ficará totalmente feliz com muitas outras coisas que conquistou. Porque nada nunca será suficiente e, portanto, sempre haverá um sentimento de insatisfação. Certamente, em sua vida, há muitas coisas pelas quais você deve ser grato, coisas que você alcançou com seu próprio esforço. Um teto para morar, uma variedade de alimentos na geladeira, relacionamentos pessoais, até coisas materiais. 

Todas as noites, pense em algo que conquistou naquele dia, como terminar um trabalho, ser mais legal com as outras pessoas ou se exercitar. Tudo o que você propôs e com esforço você fez. Seja grato a si mesmo e você será capaz de valorizar cada um de seus esforços, aumentando assim o sentimento positivo em relação a si mesmo.

Cuide da sua imagem pessoal

A saúde física e a saúde mental andam de mãos dadas, uma não pode existir sem a outra. Isso significa que você deve cuidar da sua saúde, com alimentação, atividade física e hábitos saudáveis, mas você também deve cuidar de sua saúde mental, cultivando sua mente, lendo livros, ouvindo música, cuidando da sua imagem externa que é aquela que todos os dias te saúda no espelho. Cuidar de si mesmo também é amar a si mesmo e quanto mais você fizer isso, mais positivo será o seu sentimento em relação a si mesmo.

Lute pelo que você precisa para aumentar o amor próprio

O ser humano é social por natureza, temos necessidade de partilhar o tempo e a vida com outras pessoas, por isso procuramos um parceiro para envelhecer. Nesse caminho, você frequentemente esquece o que precisa de si mesmo para atender às necessidades da outra pessoa. Isso se torna um relacionamento negativo, porque em algum ponto um sentimento de culpa pode vir à tona, a quem ele dedicou tempo para você e para você mesmo por não dedicar o tempo que você precisava.

Aprenda a dizer NÃO

Aprenda a dizer NÃO

Quem se valoriza é capaz de dizer não a coisas ou situações de que não gosta. Pensar em si mesmo, no que deseja, do que gosta e como deseja investir seu tempo e recursos fortalece seu relacionamento individual. Se você precisa colocar suas necessidades em primeiro lugar, ouse dizer NÃO, porque isso não faz de você uma pessoa egoísta, mas alguém que ama a si mesmo.

A vida é vivê-la, desfrutá-la na companhia de pessoas que contribuem com você. Mas para ter relacionamentos saudáveis ​​com outras pessoas, é essencial ter um bom relacionamento consigo mesmoou. Trabalhe nesse relacionamento da mesma forma que faria para satisfazer outras pessoas. 


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.